Mademoiselle Vingança

Prazer enorme de escrever para o Jornal do Commercio sobre o novo filme de quem é, para mim, um dos mais subestimados diretores franceses da atualidade. Quando assisti Um Novo Dueto, de Emmanuel Mouret, soube que estava diante de um autor que tem o amor como sua ferramenta principal. Relações de classes, dor, desprezo, alegrias e humor, Mouret extrai de tudo onde muitos não enxergam nada.

Confira a crítica (que saiu muito mais como um texto apaixonado pela obra do diretor que propriamente uma resenha do filme): https://bit.ly/2TYhhi7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s