Abril

Deus e o Diabo na Terra do Sol, Glauber Rocha (1964)

Do gráfico ao sugestivo. De Deus, e o Diabo, ao Homem. Extracampo é o mar, e o mar é o sertão.

Continue reading →

Mademoiselle Vingança

Prazer enorme de escrever para o Jornal do Commercio sobre o novo filme de quem é, para mim, um dos mais subestimados diretores franceses da atualidade. Quando assisti Um Novo Dueto, de Emmanuel Mouret, soube que estava diante de um autor que tem o amor como sua ferramenta principal. Relações de classes, dor, desprezo, alegrias e humor, Mouret extrai de tudo onde muitos não enxergam nada.

Confira a crítica (que saiu muito mais como um texto apaixonado pela obra do diretor que propriamente uma resenha do filme): https://bit.ly/2TYhhi7

Cafarnaum e a fé mal intencionada nas instituições

Entremeado com a recomendação pública da apresentadora Oprah Winfrey e sua indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, o libanês Cafarnaum ganhou maior difusão nos cinemas ocidentais durante a temporada de premiações. Fazendo jus a suas congratulações, não por qualidade fílmica, o longa da diretora e atriz libanesa Nadine Labaki segue a cartilha de temas ‘’humanistas’’ com uma câmera que se posiciona no limiar entre um cinema de denúncia e exploratório.

Continue reading →

Crítica: Uma Aventura Lego 2

Os bonequinhos Lego estão de volta às telas do cinema para mais uma divertida aventura. Em continuação direta aos acontecimentos finais do filme anterior, Emmet (Chris Pratt) deve resgatar seus amigos e salvar a cidade do “armamagedon’’. Agora sob a direção de Mike Mitchell e Trisha Gum, Uma Aventura Lego 2 direciona sua mensagem ao público infantil com uma narrativa mais singela que a do seu antecessor.

Continue reading →